Soldado que matou ex-mulher e amigo dela é expulso da Polícia Militar do Maranhão

Carlos Eduardo Nunes Pereira não é mais soldado da Polícia Militar do Maranhão. Acusado de assassinar a ex-mulher, Bruna Lícia Fonseca Pereira, de 23 anos, e do suposto namorado dela, José William dos Santos Silva, de 24 anos, o soldado teve sua expulsão confirmada no Diário Oficial do Estado.

O crime ocorreu no condomínio Pacífico 1, no bairro Vicente Fialho, em 25 janeiro de 2020, onde a vítima residia.

Bruna Lícia Fonseca Pereira, com quem o PM mantinha uma relação estável há dois anos, e o amigo, José Willian dos Santos Silva, foram mortos a tiros pelo PM dentro de um dos quartos do apartamento, por volta das 14h. No momento do crime, eles estavam mantendo relação sexual e foram flagrados pelo PM.

Carlos Eduardo ingressou na PM no ano de 2017 e era lotado no 1º BPM, na área Itaqui-Bacanga, em São Luís.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviar mensagem
Estamos Online