“DEU O QUE FALAR NAS REDES SOCIAIS”. OFICIAL DE JUSTIÇA DE VARGEM GRANDE EXIBE ARMA RESTRITA NAS REDES SOCIAIS.

Comentários 0

“Deu o que falar nas redes sociais”. Oficial de justiça da comarca de Vargem Grande exibe arma restrita nas rede sociais e corregedoria do TJ diz que o oficial de justiça (Jonnay Alves), não cometeu nenhum ilícito administrativo.

O resultado foi que a corregedoria do TJ- após realizar sindicância em que foram ouvidos servidores da comarca, policiais militares e teceiro, além de colhidas provas documentais (incluindo o histórico foncional de Jonnay Alves), o TJ atestou que “tudo não passou de uma mera brincadeira e que o oficial de justiça em nenhum momento pensou que poderia atingir qualquer pessoa; que a foto foi tirada fora do seu horario de trabalho, na presença de policiais, e a arma pertence a pm”.
A comissão de sindicante também concluiu que o servidor Jonnay alves, “cumpre suas atividades de forma satisfatória, é assíduo e não há qualquer reclamação que desabandone sua conduta; que não encontrou qualquer infração que podesse ser imputada a Jonnay, faltando justa causa para abertura de processo diciplinar”. como se vêr a correjedoria do TJ chegou uma conclusão racional e justa a respeito da conduta do oficial de justiça. Resta apena a decisão do juíz responsável pela comarca de Vargem Grande onde Jonnay Alves trabalha, que certamente será racional e isenta.




Fontes; Evandro Coelho, professor e

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como podemos te ajudar?